5 Dicas de Organização Para Restaurantes

PorS@RA

5 Dicas de Organização Para Restaurantes

Um restaurante organizado não depende exclusivamente da disciplina implementada na cozinha.

Para além ter um menu delicioso, um restaurante precisa de estar atento a outros detalhes que são importantes para manter o bom funcionamento. Por isso, preparamos algumas dicas de organização!

Para garantir a organização de um restaurante é necessário lidar com diversas responsabilidades, que vão desde a cozinha até a mesa do cliente, e esta é uma tarefa que exige muitos cuidados. Afinal, para alcançar o objetivo de proporcionar uma experiência agradável aos seus clientes, não basta agradar apenas ao paladar.

A otimização de espaços, os cuidados com a higiene e a automização de atendimentos, por exemplo, são alguns detalhes que podem fazer toda a diferença, quando bem executados.

Deste modo, se deseja tornar o seu restaurante uma referência para os seus clientes, implemente estas 5 dicas de organização que preparamos para si!

1. Melhore o Espaço do Restaurante

Independentemente do tamanho do restaurante, o espaço não pode ser apenas definido entre a cozinha e a área de receção para os clientes.

Um restaurante está destinado a proporcionar um ambiente acolhedor e atraente para os seus visitantes. Por isso, vale a pena investir em decorações, espaços adequados para a circulação de pessoas, assim como ter uma cozinha apropriada.

Ainda que falte espaço, é importante usar a criatividade e aproveitar todos os lugares, incluindo as portas e o próprio teto, usando ganchos e fixadores para prateleiras.

2. Organização Adequada dos Equipamentos de Frio

Os equipamentos de frio positivo ou negativo são um importante aliado dentro de uma cozinha, mas qualquer descuido pode desencadear uma série de consequências para o restaurante.

É essencial ficar atento ao funcionamento desses equipamentos, começando pela setorização dos alimentos, é fundamental dividir carnes, legumes, frutos do mar e frutas em espaços diferentes. Esta medida, não só evita a ocorrência de contaminações cruzadas, como é fundamental para a dinâmica necessário nos períodos de preparação e serviço de refeições.

Para garantir a durabilidade de todos os alimentos armazenados, é fundamental que os produto mais novos, ou com datas de validade mais longa, sejam armazenados atrás ou por baixo dos produtos mais antigos, ou com data de validade mais curta. Dessa forma, reduz as hipóteses de deixar qualquer coisa estragar por ultrapassar o prazo de validade!

3. Utilize Meios Digitais para Facilitar o Atendimento

Hoje em dia existe uma grande variedade de sistemas que permitem automatizar o atendimento, cabe ao seu restaurante acompanhar as novas tendências, tornando a experiência dos clientes ainda mais satisfatória. Diante dessa evolução, substituir os sistemas antigos por meios mais inovadores, permite mostrar que o estabelecimento está a acompanhar a evolução.

Como resultados imediatos, os meios digitais eliminam qualquer erro que possa ser cometido durante a passagem de informação desde o pedido cliente até à entrega do pedido. Além disso, um sistema digital torna o atendimento mais rápido, e, assim, permite ganhar tempo para atender outras mesas.

4. Rotina de Limpeza

A limpeza é um assunto que precisa ser colocado em pratos limpos!

Este tema deve ser considerado uma prioridade para quem está inserido no setor da alimentação, a higiene deve ser introduzida na rotina de qualquer restaurante.

Lembre-se de que grelhas, tábuas, pratos, talheres, mesas e todos os restantes acessórios que fazem parte de um restaurante precisam ser mantidos limpos diariamente. Além disso, o pavimento, as instalações sanitárias e os restantes ambientes necessitam de estar limpos para receber os clientes.

O mesmo cuidado deve ser aplicado nos uniformes e os equipamentos de segurança, como botas, toucas, luvas e aventais.

5. Manter a Cozinha Organizada

Uma boa comida não pode ser preparada num ambiente desorganizado, e, muitas vezes, é exatamente isso o que acontece, tanto nas cozinhas domésticas como nas profissionais.

Para facilitar a rotina, deixe sempre disponível as facas que são mais utilizadas, as panelas mais importantes, os temperos que não podem faltar e os demais utensílios que são úteis para qualquer cozinheiro. O restante material poderá ficar devidamente armazenado em prateleiras, abrindo espaço para os elementos essenciais.

Quer saber mais?

Contacte-nos…

Leia mais sobre:

O que é o HACCP digital (SARA)?

Conheça-o aqui…

Sobre o autor

S@RA administrator

Deixar uma resposta